Alunos de Química defendem TCC

Formandos Química

 

A defesa do trabalho de conclusão do Curso Técnico de Nível Médio em Química do Instituto Tecnológico do Estado de Goiás Governador Onofre Quinan aconteceu nos últimos dias 14 e 15 de fevereiro, no auditório da Instituição.

 

 

Os alunos Carlos Eduardo de Carvalho, Eliomar Bernardes de Morais e Erivaneide Matos de Araújo Lima apresentaram o TCC “Análise da qualidade da água do Ribeirão Extrema, pós-recepção de efluentes, com base na Resolução CONAMA 357/2005 e Decreto Estadual Nº 1745/1979 GO”.

De acordo com a professora Marize Moreira Gibrail, orientadora do TCC, “o desempenho dos alunos foi surpreendente, e isso aconteceu graças a uma parceria entre o ITEGO Governador Onofre Quinan e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Cidades, Infraestrutura e Assuntos Metropolitanos (SECIMA)”.

 Marize explica que os alunos tiveram acesso às tecnologias no monitoramento da qualidade ambiental no Estado de Goiás que estão na competência da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos – SECIMA-GO, de acordo com o Decreto Estadual Nº 1745/79 do Estado de Goiás. Foram colocadas à disposição do grupo, orientadora e orientandos, uma sonda multiparamétrica e o apoio técnico de recursos humanos para as análises in loco das amostras de água. Os alunos operaram e analisaram a qualidade da água do corpo receptor, Ribeirão Extrema, manancial localizado dentro do Distrito Agroindustrial de Anápolis, bem como o padrão do efluente lançado pelas indústrias. “Dessa forma, os alunos conseguiram superar algumas limitações para a pesquisa de campo e laboratoriais, tendo oportunidade para a prática e aplicação do conhecimento adquirido em sala de aula. Isso permite que vislumbrem o nicho do mercado de trabalho para o qual foram treinados”, disse a professora.

A professora ressalta ainda que o ITEGO Governador Onofre Quinan está localizado no polo de excelência em fármacos, medicamentos e biotecnologia. “Para que haja desenvolvimento sustentável, as normas de regulamentação sobre prevenção e controle da poluição do meio ambiente têm sido ensinadas aos alunos, que serão os integrantes futuros desse ecossistema de crescimento, inovação e sustentabilidade”, salienta. Para Marize, o TCC defendido pelos alunos respondeu ao seu objetivo no enquadramento da qualidade da água e o ITEGO entregou jovens capacitados ao competitivo mercado de trabalho.

Publicado em 10/03/2017

Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação - CEPA

© Copyright 2012 - Todos os direitos reservados