“A luta pela liberdaDia Nacional da Consciência Negrade dos negros brasileiros jamais cessou. Em 1971, um significativo capítulo de nossa história vinha à tona pela ação de homens e mulheres do Grupo Palmares. Lá do Rio Grande do Sul era revelada a data do assassinato de Zumbi, um dos ícones da República de Palmares. Passados sete anos, ativistas negros reunidos em congresso do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial cunharam o 20 de novembro como Dia da Consciência Negra. Em 1978, era dado o passo que tornaria Zumbi dos Palmares um herói nacional, vinculado diretamente à resistência do povo negro.

Herdamos os propósitos de Luiza Mahin, Ganga Zumba e legiões de homens e mulheres negras que se rebelaram a um sistema de opressão. Lançaram mão de suas vidas a se conformarem com a prisão física e de pensamento. Contrapuseram-se ante às tentativas de aniquilamento de seus valores africanos e contribuíram com seus saberes para a fundação e o progresso do Brasil.

Orgulhosamente, exaltamos nossa origem africana e referendamos a unidade de luta pela liberdade de informação, manifestação religiosa e cultural. Buscamos maior participação e cidadania para os afro-brasileiros e nos associamos a outros grupos para dizer não ao racismo, à discriminação e ao preconceito racial.

Que este 20 de Novembro, assim como todos os outros, seja de muita festividade, alegria e renove nossas energias para continuarmos nossa trajetória para conquista de direitos e igualdade de oportunidades. Estejamos todos, homens e mulheres negras, irmanados nesta caminhada pela liberdade e pela consciência da riqueza da diversidade racial!”

 

Matilde Ribeiro

Ministra da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

 

 

Confira abaixo a programação completa do Circuito da Consciência Negra em nossa cidade:

 

Dia 20 de novembro

8h - Abertura do evento seguida do “Abraço Negro” – ação Sintego, e da Blitz Consciente – panfletagem e divulgação do Disque Racismo nas Av. Goiás com Engenheiro Portela e Av. Goiás com Av. Barão do Rio Branco

14h – Projeto Cultura para Todos – apresentação de grupos de Hip Hop e Grafitagem

17h – Balé Folclórico Negras Raízes/UEG 

Local: Praça Bom Jesus

 

Dia 21/11 

9h às 11h – Exibição de documentário sobre igualdade de direitos e diversidade, com roda de conversa.

Local: Auditório da Escola de Música – Av. Goiás esq. c/ Av. 14 de Julho

 

Dia 22/11

Samba no Beco – Edição Igualdade Racial, com participação do grupo de percussão do Terreiro de Umbanda Pai Chico Preto/Anápolis

Horário: a partir das 15h

Local: Beco da UEG – Bairro Jundiaí

 

IMG-20141119-WA0002O governador em exercício José Éliton inaugurou, na tarde desta terça-feira, o Colégio Tecnológico (Cotec) de Posse, ligado ao Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (Itego Anápolis), onde serão oferecidos os cursos do Programa Bolsa Futuro.

 

Leia mais…

Dr. Luiz CláudioO homem deve estar atento ao câncer de próstata e procurar um médico a partir dos 40 anos, se for negro ou tiver caso da doença na família, e os outros a partir dos 45 anos. O alerta foi dado na noite desta terça-feira, 18, no auditório do Itego Anápolis, pelo urologista Luiz Cláudio Resende Gonçalves, durante palestra sobre o assunto.

Leia mais…

Serviços

Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação - CEPA

© Copyright 2012 - Todos os direitos reservados